crossorigin="anonymous">
 
Anuncie Aqui 2.png
  • Info Serrinha

Alvo de investigação da Polícia Federal, Sérgio Reis perde parcerias musicais

Diversos artistas desistiram de participar de gravação do novo álbum de Sérgio Reis



Após convocar atos contra o Supremo Tribunal Federal (STF) e ao regime democrático, e passar a ser investigado, o cantor e ex-deputado Sérgio Reis, que é ligado ao presidente Jair Bolsonaro, passou a perder parcerias com outros artistas.


Sérgio Reis pretende gravar um novo álbum, e na lista de convidados estavam artistas como Zé Ramalho, Guilherme Arantes, Maria Rita e Guarabyra, mas diante dos ataques feitos contra a democracia brasileira, todos declinaram e não participarão da gravação.


No álbum estava prevista a gravação da música “Admirável Gado Novo”, interpretada com Zé Ramalho, mas com a desistência do cantor paraibano, Sérgio Reis foi desautorizado a utilizar a canção no disco.


Na última sexta, 20, Sérgio Reis se tornou alvo de investigação da Polícia Federal e teve equipamentos eletrônicos e documentos recolhidos para investigação de supostos crimes de incitação à violência e ameaças contra a democracia.

Anuncie Aqui 2.png