crossorigin="anonymous">
 
Anuncie Aqui 2.png
  • Info Serrinha

Cigana é presa em município da região do Sisal suspeita de fraudes no INSS

Cigana é suspeita de participar de uma organização criminosa que agia aliciando idosos e fornecendo documentos falsos.


A Polícia Militar prendeu na manhã desta quarta-feira, 16, no município de Santaluz, uma cigana de 31 anos é suspeita de participar de uma organização criminosa que agia aliciando idosos e fornecendo documentos falsos para a obtenção indevida de Benefícios de Prestação Continuada (BPC), que é benefício no valor de um salário mínimo, pago pelo INSS a pessoas com mais de 65 anos ou portadoras de deficiência.


A cigana reside em Filadélfia, cidade onde a Policia Federal cumpriu 24 mandados de prisão preventiva e 32 de busca contra uma quadrilha responsável pelas fraudes, porém a mulher foi localizada escondida em Santaluz.


A operação denominada Errantes também aconteceu nas cidades de Tabira e Petrolina, que pertencem ao estado de Pernambuco.


Segundo a Polícia Federal, 420 benefícios foram obtidos de maneira fraudulenta, o que gerou um prejuízo em cerca de R$ 60 milhões ao INSS.


Ainda de acordo com a PF, a quadrilha estaria próxima de movimentar e dar um prejuízo de quase R$ 100 milhões com os valores que continuariam sendo pagos aos beneficiários.

Anuncie Aqui 2.png