crossorigin="anonymous">
 
Anuncie Aqui 2.png
  • Thiego Souza

Delegada titular da DEAM lamenta aumento no número de feminicídios na Bahia

Para a titular da Pasta em Feira de Santana, faltam uma maior conscientização das pessoas e políticas públicas voltadas às mulheres.



No final do mês de setembro, a Secretaria de Segurança Pública da Bahia divulgou os números da violência no estado no ano de 2020. Os casos de feminicídio aumentaram em mais de 13% entre os anos de 2017 e 2020.


Em entrevista ao Info Serrinha, a delegada e titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) de Feira de Santana, Maria Clécia Vasconcelos lamentou o aumento no número de casos e afirmou que é preciso que haja uma conscientização e participação maior da sociedade nos assuntos relacionados à violência contra as mulheres.


Leia também: Aumentam os casos de feminicídios na Bahia


"Mulheres ainda são mortas simplesmente por serem mulheres. Esse número tem aumentando e é isso que chama atenção, então o que que está faltando? Acredito que uma política pública mais específica, educação, consciência, essa percepção da questão do gênero. A Polícia só, a mudança de Lei só não basta, o Direito Penal por si só não resolve esses problemas, a sociedade precisa se envolver mais, é preciso esse envolvimento e uma educação de base, só assim a gente consegue diminuir esse triste índice".


Na Bahia, segundo números apresentados pela Secretaria de Segurança Pública, somente em 2020 foram registrados 113 casos de feminicídios na Bahia.


Leia também: Mais um caso de agressão à mulher é registrado em Serrinha

Anuncie Aqui 2.png