crossorigin="anonymous">
 
Banner vacinação agosto 22.gif
  • Info Serrinha

Delegados da Polícia Federal e Peritos Criminais reforçam confiança no sistema eleitoral brasileiro

A Polícia Federal participou dos testes de urnas feitos pelo TSE.


Depois de mais uma vez o presidente Jair Bolsonaro tentar colocar em dúvida a segurança das urnas eletrônica, a Associação de delegados da Polícia Federal e peritos criminais divulgaram nota em conjunto manifestando total confiança no sistema eleitoral brasileiro.


A nota conjunta foi assinada pela Associação dos Delegados da Polícia Federal (ADPF), a Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF) e a Federação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (Fenadepol), e aconteceu após o presidente Jair Bolsonaro realizar uma reunião com embaixadores de vários países e fazer críticas ao sistema eleitoral brasileiro.


Leia também: TSE finaliza testes de segurança em urnas eletrônicas e Polícia Federal valida sistema de proteção


Confira a nota na íntegra:


A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), a Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF) e a Federação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (FENADEPOL) manifestam total confiança no sistema eleitoral brasileiro e nas urnas eletrônicas. A Polícia Federal é uma das instituições de Estado que tem por atribuição garantir a lisura e segurança das eleições, que desde a redemocratização ocorrem sem qualquer incidente que lance dúvidas sobre sua transparência e efetividade.


É importante reiterar que as urnas eletrônicas e o sistema eletrônico de votação já foram objeto de diversas perícias e apurações por parte da PF e que nenhum indício de ilicitude foi comprovado nas análises técnicas.


A Polícia Federal, assim como diversas outras instituições renomadas, tem participado de testes públicos de segurança promovidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e abertos a qualquer cidadão, cujo objetivo é buscar o contínuo aperfeiçoamento das urnas eletrônicas, sendo que até o momento não foi apresentada qualquer evidência de fraudes em eleições brasileiras.


Acatar a legislação eleitoral vigente e respeitar a constituição, bem como as decisões democráticas é imprescindível a todo e qualquer representante eleito ou postulante a cargo eletivo.


As entidades representativas que subscrevem esta nota têm total confiança de que, neste ano, o povo brasileiro escolherá seus representantes de forma transparente e republicana como sempre fez.


Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal – ADPF

Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais – APCF

Federação Nacional dos Delegados Federais – FENADEPOL.

Anuncie Aqui 2.png