crossorigin="anonymous">
 
Anuncie Aqui 2.png
  • Info Serrinha

Demitido após apologia ao nazismo, apresentador será investigado pela PGR

Caso será investigado pela assessoria criminal da PGR.


As falas de Bruno Aiub, conhecido como Monark, no qual manifestou apoio a criação de um partido nazista no Brasil, não devem passar em branco e nem ficar apenas no campo do desligamento do canal no qual fazia parte. Após as declarações, a Procuradoria-Geral de República (PGR) anunciou que vai abrir investigação sobre o episódio


O chefe da PGR, Augusto Aras, orientou que o caso seja investigado pela assessoria criminal.


A defesa de criação de um partido nazista foi feita durante uma transmissão ao vivo na última segunda-feira, 7. Como forma de se defender, Monark afirmou que estava bêbado durante o programa.


Anuncie Aqui 2.png