crossorigin="anonymous">
 
Anuncie Aqui 2.png
  • Info Serrinha

Enem 2021 é alvo de polêmica por possíveis interferências do Governo Federal

Presidente Jair Bolsonaro teria pedido para que Golpe de 1964 fosse tratado como "revolução".



As provas do Exame Nacional do Ensino Médio serão aplicadas nos dois próximos domingos (21 e 28), porém a avaliação está sob suspeitas de interferências por parte do Governo Federal, que teria exigido a substituições de questões.


Diante de denúncias, o Tribunal de Contas da União abriu investigação para analisar se fato houve intereferência do Governo na elaborações das questões. O pedido foi feito por deputados da oposição.


Um dos elementos apontados para a denúncia se refere ao pedido de demissão de 37 servidores do órgãos dias antes da aplicação das provas.


Alguns servidores disseram que no primeiro semestre o presidente Jair Bolsonaro teria pedido ao ministro da Educação, Milton Ribeiro, para colocar no Enem questões tratando o Golpe Militar de 1964 como uma revolução.


Durante essa semana, além de criticar a prova, Bolsonaro afirmou que o Enem está "ficando com a cara do governo".

Anuncie Aqui 2.png