crossorigin="anonymous">
 
Anuncie Aqui 2.png
  • Info Serrinha

Ex-presidentes também "fugiram" de debates, mas há uma diferença para o atual momento; Saiba qual é

Bolsonaro anunciou que só deve ir aos debates caso vá para o segundo turno.


O presidente da República, Jair Bolsonaro, anunciou que não deve participar de debates eleitorais no primeiro turno das eleições. O chefe do Poder Executivo afirmou que só irá ao embate caso avance para o segundo turno.


A não participação de ex-presidentes em debates não é novidade, porém, diferentemente dos que "fugiram" dos embates, Bolsonaro não lidera as pesquisas eleitorais em 2022.


No ano de 1989, o então candidato Fernando Collor de Melo, que liderava as pesquisas de intenções de votos, não participou de debates no primeiro turno, mesmo assim conseguiu ir para o segundo turno e se elegeu.


Em 1998 e 2006, Fernando Henrique Cardoso e Lula, respectivamente, que já eram presidentes e disputaram a reeleição, lideravam as pesquisas eleitorais, não participaram de debates e conseguiram vencer.


"O que diferencia Bolsonaro em 2022 de FHC, Lula e Collor é que o atual presidente não está à frente nas pesquisas eleitorais. Alguns cenários, inclusive, indicam a possibilidade de vitória de Lula no primeiro turno. Neste caso, a estratégia de não participar de debates pode não ser a melhor", avaliou o colunista Maurício Stycer, do UOL.


Nas recentes pesquisas de intenções de votos Lula lidera e em alguns cenários têm uma diferença que ultrapassa os 15 pontos para Bolsonaro, segundo colocado.

Anuncie Aqui 2.png