crossorigin="anonymous">
 
Anuncie Aqui 2.png
  • Info Serrinha

Vídeo: homem negro é acorrentado por médico, que diz que caso foi uma "brincadeira" entre amigos

Polícia Civil irá investigar o caso, que gerou perplexidade e repercutiu negativamente.


Um médico em Goiás acorrentou um homem negro pelos pés, mãos e pescoço, proferiu frases de cunho racista, e fez questão de compartilhar o vídeo nas redes sociais.


Com a repercussão negativa do vídeo, o médico tentou explicar a situação afirmando ter sido uma "brincadeira". "Ele é meu amigo e gostaria de pedir desculpa se alguém se sentiu ofendido. Foi uma encenação teatral. Desculpa".


O delegado Gustavo Barreto, que está a frente do caso, abriu a possibilidade de investigar se o caso não passou de uma brincadeira. "Vamos apurar se o fato se trata apenas de uma brincadeira de profundo mau gosto ou de possível prática de constrangimento ilegal ou injúria racial".


Interrogado pela Polícia, o homem que aparece acorrentado, teria informado ao delegado que a filmagem foi uma brincadeira, e que o rapaz recebe de forma regular os pagamentos pelos serviços prestados, que jamais sofreu qualquer tipo de violência.


O médico pode ser investigado por crimes de injúria e racial.




Anuncie Aqui 2.png