crossorigin="anonymous">
 
Anuncie Aqui 2.png
  • Info Serrinha

IFood esclarece "ataque" e afirma funcionário alterou dados de forma indevida

Nomes de muitos estabelecimentos foram alterados para mensagens ligadas à política


Na noite da última terça, o aplicativo iFood apresentou uma situação no qual deixou todos os usuários preocupados. Um suposto ataque de hacker alterou os nomes de muitos estabelecimentos, sendo substituídos por mensagens ligadas à política, e a grande maioria em defesa do presidente Jair Bolsonaro, alguns sobre a vacinação.


Após o ocorrido e conseguir reestabelecer a situação, a direção do iFood esclareceu a situação, afirmando que foi um fato isolado e feito por uma pessoa que tinha autorização para atualizar os dados cadastrais das empresas parceiras do aplicativo.


"O incidente foi causado por meio da conta de um funcionário de uma empresa prestadora de serviço de atendimento que tinha permissão para ajustar informações cadastrais dos restaurantes na plataforma, e que o fez de forma indevida", esclareceu.


Leia também: Aplicativo iFood é hackaedo e nomes de estabelecimentos são alterados


O iFood garantiu que não houve nenhum tipo de vazamento de dados dos clientes e nem entregadores. "Não encontramos qualquer indício de vazamento da base de dados pessoais cadastrados na plataforma, tampouco de dados de cartão de crédito. Os dados de meios de pagamento não são armazenados nos bancos de dados do iFood, ficandp gravados apenas nos dispositivos dos próprios usuários".




Anuncie Aqui 2.png