crossorigin="anonymous">
 
Anuncie Aqui 2.png
  • Info Serrinha

Levantamento aponta que 20% dos jovens brasileiros fazem uso do cigarro eletrônico

De acordo com a a pesquisa, um em cada cinco jovens de 18 a 24 anos consome o cigarro eletrônico.


Mesmo proibidos no Brasil, os cigarros eletrônicos vêm sendo aderidos cada vez mais pelos jovens. Segundo levantamento divulgado pela Universidade Federal de Pelotas e pela Organização Global de Saúde Pública, 20% dos adolescentes fazem uso do produto.


De acordo com a a pesquisa, um em cada cinco jovens de 18 a 24 anos consome o cigarro eletrônico, se expondo aos diversos riscos que esse produto oferece, que é tão letal quanto o cigarro tradicional.


Em entrevista ao Jornal Nacional o coordenador da Comissão de Tabagismo da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Fisiologia, Paulo César Corrêa, comentou sobre os diversos riscos que o cigarro eletrônico oferece. "Não é só vapor de água, já foram detectadas mais de 80 substâncias químicas nesse ‘vapor’ que o cigarro eletrônico libera. Então, para aquecer o filamento, onde fica embebido o líquido, no filamento existem metais como níquel, cromo, latão e outros. Então, se sabe que, quando o fumante de cigarro eletrônico usa esses produtos, ele está inalando níquel, por exemplo".


Em outubro de 2021 o Info Serrinha conversou com o fisioterapeuta cardiorrespiratório e terapia intensiva, Fábio Rodrigues, que explicou os males que o cigarro eletrônico apresenta para as pessoas que fazem uso de maneira demasiada (relembre aqui).



Anuncie Aqui 2.png