crossorigin="anonymous">
 
Anuncie Aqui 2.png
  • Info Serrinha

Mantida prisão de homem que participou do roubo ao Tiro de Guerra em Serrinha

Roubo aconteceu em outubro de 2014, e na ocasião foram levados 20 fuzis


Um dos participantes do roubo no Tiro de Guerra, em Serrinha, que foi condenado a 14 anos de reclusão, teve a pena mantida pelo Superior Tribunal Militar. Segundo informações do STM, a defesa de Anderson Machado do Nascimento entrou com uma apelação pedindo a redução da pena, o que foi negado.


Em 14 de outubro de 2014, três homens pularam o muro do Tiro de Guerra, fizeram três atiradores de refém, e roubaram 20 fuzis, calibre 62mm, um aparelho celular e um tablet.


Após ser preso, o réu foi condenado pelos crimes de roubo triplamente qualificado (artigo 242, § 2º, incisos I, II e IV, do CPM) em concurso de agentes (artigo 53 do CPM), bem como em concurso de crimes por três vezes: roubo de fuzis, roubo de um celular e roubo de um tablete (artigo 79 do CPM).


Em um dos depoimentos, o acusado confessou a participação no roubo, e afirmou conhecer as instalações e rotina do Tiro de Guerra por ter servido no local.

Anuncie Aqui 2.png