crossorigin="anonymous">
 
Anuncie Aqui 2.png
  • Info Serrinha

"Não dá certo", afirma presidente da Liga Serrinhense sobre Campeonato do Sisal

Presidente da Liga Desportiva Serrinhense diz que não estão acontecendo diálogos entre a Liga e a Secretaria Municipal de Esportes.



A Secretaria Municipal de Esportes de Serrinha e a Liga Desportiva Serrinhense estão em choque. Ainda falando dialetos diferentes, a Pasta municipal e a Liga buscam entendimento para evitar novas coalizões como o que vem ocorrendo nas últimas semanas.


Na sessão da Câmara de Vereadores realizada na última quinta, 23, o secretário de Esportes de Serrinha, Adriano da Chapada, esteve presente e levou o posicionamento da Pasta em relação à organização do calendário esportivo de 2022, incluindo competições como o Campeonato Serrinhense e o Campeonato do Sisal.


Sobre o Campeonato do Sisal, o vereador Bode, que está como presidente da Liga Desportiva Serrinhense, afirmou que a competição não será benéfica para Serrinha. "A competição do Sisal a gente viu que já tentaram fazer isso e só quem ficou prejudicado foi Serrinha diante da Federação, então a gente já percebeu e sabe que não dá certo", disse em entrevista ao repórter Renny Maia, da Rádio Continental AM.


Segundo Bode, a Liga não foi consultada antes de se tomar a decisão de discutir sobre o Campeonato do Sisal. "A Liga não foi comunicada dessa decisão da Secretaria em participar dessa reunião, então a gente fica chateado porque tudo que se tratar da seleção de Serrinha tem que vim primeiro da Liga, e a secretaria vai estar ali para dar o apoio".


O vereador Bode comentou sobre a presença do secretário do Esportes na sessão da Câmara, e afirmou que a Liga quer contar com o apoio da Secretaria. "Foi legal passar os acontecimentos e dizer sempre a verdade. A Liga não está aqui para brigar com ninguém, a gente quer ajuda e quer o apoio da Secretaria de Esportes".


Durante o discurso do secretário, foi afirmado que o calendário de 2022 está pronto.


De acordo com Bode, é preciso haver diálogos antes de decisões serem tomadas. "A gente tem que conversar, e a Secretaria tem que saber ouvir a Liga, não é só a Secretaria chegar lá e determinar, e não sair falando o que vai acontecer sem nem ter conversado com o presidente e com os componentes da Liga".


Foto: Gustavo Araújo



Anuncie Aqui 2.png