crossorigin="anonymous">
 
Anuncie Aqui 2.png
  • Info Serrinha

Pré-candidato Sérgio Moro repudia falas sexistas de aliado político sobre mulheres ucranianas

Sérgio Moro ainda pediu que o partido se manifeste a respeito do assunto.


O ex-juíz e atual pré-candidato à presidência da República, Sérgio Moro, criticou e repudiou as falas sexistas do deputado Arthur do Val, que esteve na Ucrânia e gravou áudios desrespeitando as mulheres ucranianas.


Segundo Moro, as declarações são incompatíveis a qualquer homem. "Lamento profundamente e repudio veementemente as graves declarações do deputado Arthur do Val divulgadas pela imprensa. O tratamento dispensado às mulheres ucranianas refugiadas e às policiais do país é inaceitável em qualquer contexto. As declarações são incompatíveis com qualquer homem público".


Diante do ocorrido, Moro rompeu relações com Arthur do Val e pediu que o partido se manifeste. "Jamais dividirei meu palanque e apoiarei pessoas quem têm esse tipo de opinião e comportamento. Espero que meu partido se manifeste brevemente diante da gravidade que a situação exige".


No áudio, Arthur do Val afirma que as "mulheres ucranianas são fáceis de se relacionar porque são pobres". "E vou te dizer: são fáceis, porque elas são pobres. E aqui, cara, a minha carta do Instagram, cheia de inscritos, funciona demais. Funciona demais. Depois eu conto a história. Não peguei ninguém. Mas eu ‘colei’ em duas ‘minas’, que a gente não tinha tempo, em dois grupos de ‘minas’. E, assim, é inacreditável a facilidade", disse no áudio.


Anuncie Aqui 2.png