crossorigin="anonymous">
 
Anuncie Aqui 2.png
  • Thiego Souza

Serrinha se prepara para retomada das aulas semi-presenciais na rede municipal

Atividades escolares de maneira presencial estão suspensas desde março de 2020.



Após quase dois anos sem aulas presenciais, Serrinha se prepara para o retorno das atividades escolares em sala de aula. Desde o início da pandemia as aulas passaram a acontecer de maneira remota, agora com a vacinação em estágio avançado, o município se organiza para receber de volta nas escolas alunos e professores.


Em contato com o Info Serrinha a secretária de Educação do município, Betânia Pereira, confirmou que todos os protocolos já foram desenvolvidos e acredita que os alunos e professores retornem às instituições de ensino no início de outubro, porém de maneira híbrida.


Segundo a secretária, os protocolos já estão elaborados e publicados. "Criamos os protocolos de retorno juntamente com as secretarias do Governo. Esse protocolo já foi publicado em Diário Oficial, disponibilizados para as escolas privadas e para as do Estado. Estamos no plano de ação para a retomada em sala de aula".


De acordo com Betânia, há previsão para o retorno das aulas de maneira semi-presencial na rede municipal. "O prefeito me fez um pedido para só retomar após a segunda dose da vacinação nos profissionais de Educação, então até o dia 19 de setembro ainda estão nessa fase da segunda dose. A partir daí daremos um prazo de 10 a 15 dias para o reinício".


Uma das grandes preocupações é em relação ao retorno das crianças nos anos iniciais. "Já estamos fazendo um planejamento da retomada da educação com a mobilidade semi-presencial. Temos a preocupação com a Educação infantil que é essa etapa da infância (até 6 anos) e os anos iniciais que é a alfabetização. Nossas crianças estão há dois anos fora das escolas e precisamos tomar medidas para que a gente possa estar trazendo elas aos poucos para as escolas".


Devido a pandemia do Covid-19, as aulas na rede municipal em Serrinha estão suspensas desde 19 de março de 2020. Com a queda no número de novos casos, e aceleração da vacinação, alguns municípios já retomaram as atividades em sala de aula de maneira semi-presencial como Salvador, Feira de Santana e Mata de São João.


Foto: Ascom

Anuncie Aqui 2.png