crossorigin="anonymous">
 
Anuncie Aqui 2.png
  • Thiego Souza

Vereadoras participam do Agora Que São Elas e debatem a participação da mulher na política

Deca da Bela Vista, Rose de João Grilo e Edylene Ferreira foram as convidadas do programa exibido nos canais do Instagram e Youtube.



O programa Agora Que São Elas, que tem como apresentadoras Viviany e Júlia Oliveira, chegou na sua 17ª edição, e como forma de homenagear as mulheres o programa da última quinta, 07, foi exclusivamente feminino que contou com as participações das vereadoras do município de Serrinha Edylene Ferreira (PSD), Rose de João Grilo (PT) e Deca da Bela Vista (PSD).


Entre diversos temas abordados um dos mais debatidos foi a questão da presença de mais mulheres na política, o que foi defendida pelas convidadas.


Segundo Deca da Bela Vista, as mulheres na política tem mais responsabilidades porque a cobrança é maior. "Na política a mulher tem mais responsabilidade porque somos mães, esposas. Hoje na Câmara deveria ter mais mulheres. As mulheres de Serrinha precisam lutar para que na Câmara tenham mais representantes".


A vereadora Rose de João Grilo afirmou que é preciso que mais mulheres participem da política para que projetos de leis voltados para o sexo feminino ganhem ainda mais força e destaque. "É importante mais mulheres na política porque a gente sabe que os nossos direitos são validados a partir de leis, e quando tem projetos que direcionam e norteiam para uma política voltadas para as mulheres, adolescentes, idosos, você tem o respaldo de cobrar que ela seja aplicada. Quando não é aplicada o cidadão pode recorrer à justiça".


A presidente da UVB e vereadora Edylene Ferreira lembrou de um lamentável episódio que ocorreu durante a CPI da Covid quando a senadora Simone Tebet foi chamada de "descontrolada" pelo ministro da Controladoria-Geral da União, Wagner Rosário.


"A falta de conscientização e de respeitar os espaços está em todos os lugares, em especial na política. Muitas vezes quando nós mulheres levantamos a voz, dizem que é porque ela está menstruada hoje, está na TPM, está histérica, e o homem sempre vai estar falando de forma diferente, e nós respeitamos o posicionamento masculino, mas eles também precisam respeitar o nosso posicionamento".


As convidadas, que coincidentemente estão no terceiro mantado como vereadoras, vestiram uma camisa com a frase Mulheres que Fazem História, para representar a força da mulher na política.

Anuncie Aqui 2.png